Receita: Aprenda a fazer homus

starter-520788_640

Se você não conhece muito bem a culinária árabe pode estar pensando em alguma coisa de terra com minhoca. Não, não é disso que se trata. O nome é bem parecido sim, mas esse chama-se húmus e serve para dar um up na jardinagem. Já o homus, que é o nosso tema, refere-se a uma pastinha muito saborosa e saudável para comer com pão sírio, torradinha, bolachinha, salada e tudo o mais que a sua imaginação permitir.

Segundo nossa querida Wikipedia, ‘”Homus” é uma palavra árabe (حمّص ḥummuṣ) que significa “grão-de-bico” e o nome completo do preparado em árabe é حمّص بطحينة ḥummuṣ bi ṭaḥīna, que significa “grão-de-bico com taíne”. No idioma português é comumente escrito homus.” Nada mais é do que uma espécie de purê frio de grão-de-bico, um patê, temperado com limão, tahine (uma pasta a base de gergelim), alho, especiarias e azeite.

Sou suspeita para falar porque homus tem sido meu mais novo queridinho. Nunca tinha feito em casa e aproveitei um restinho de grão-de-bico cozido, que tenho consumido em substituição do feijão, para dar um descanso do requeijão e da ricota. E, gente, dá vontade de comer o dia inteiro! Eita coisa boa de beliscar! Além de ser uma carta na manga para você servir de entradinha ou aperitivo ao receber amigos em casa.

eat-818077_640

Não segui a receita original porque não tinha tahine (e onde moro é difícil de encontrar), mas mesmo assim gostei demais do resultado. Dei uma incrementada com umas gotinhas de pimenta e fui fiel aos demais ingredientes. Você também pode adaptar com o que tiver em casa e fazer o homus a seu jeito.

Se tiver dúvida de como preparar o grão-de-bico, aqui vai um passo-a-passo bem legal do blog Gordelícias:

Como Fazer Grão-de-Bico

chana-166988_640

Ingredientes

  • 1 xícara de grão-de-bico cru
  • 2 partes de água filtrada – para deixar o grão-de-bico de molho e para cozinhá-lo

Modo de Preparo

1. O primeiro passo é deixar o grão-de-bico de molho em uma tigela com água. Coloque o suficiente para cobri-lo (deixe passar uns 2 dedinhos). Pra não ter erro, faça esse processo antes de dormir, no dia seguinte já estará pronto para o cozimento.

2. No dia seguinte, ou seis horas depois, descarte a água do molho e leve o grão-de-bico para uma panela de pressão, completando com água. Cubra até uns 3 dedos acima, respeitando o limite de segurança da sua panela.Se for do seu agrado, esse é o momento de temperá-lo (1 colher de chá é suficiente para salgar).

3. Tampe a panela e deixe em fogo alto até começar a chiar. Quando a panela “pegar pressão”, coloque em fogo baixo e conte 15 minutos. Espere a pressão sair antes de abrir a tampa da panela! Caso você esteja fazendo em uma panela convencional, cozinhe por pelo menos 40 minutos(fogo baixo), sem deixar a água secar. Complete se necessário.

Uma dica importante é não jogar fora a água do cozimento. Guarde, pois ela vai servir para hidratar os grãos e dar o ponto de patê. Com o grão-de-bico prontinho (esperem esfriar antes de bater o homus), já podemos partir para a recita que interessa. Vamos lá?

Homus de grão-de-bico

hummus-812675_640

 

Receita de Bela Gil
Rende 6 porções

  • 1 xícara (chá) de grão-de-bico
  • 1 xícara (chá) de tahine (pasta de gergelim)
  • Suco de 1 limão espremido
  • 1 dente de alho pequeno
  • 1 colher (chá) de cominho em pó (opcional)
  • Sal marinho (mas pode ser o sal comum)
  • 1/4 de xícara (chá) de azeite de oliva
  • Água do cozimento do grão
  • Páprica para enfeitar

Coloque o grão-de-bico em um processador de alimentos ou liquidificador e triture bem. Adicione o tahine, suco do limão, cominho e azeite. Continue a bater até obter a textura desejada. Se o homus ainda estiver muito grosso, adicione um pouco da água de cozimento. Sirva com um pouco de azeite e salsinha picada e enfeite com páprica.

Difícil?! E fica bem bom, viu? Como eu tinha páprica doce em casa, adicionei na mistura e bati junto, não usei cominho, mas coloquei um pouquinho de chimichurri. Não salguei. Como até com torradinhas no café da manhã. Muito delícia! Façam, experimentem e comprovem!


Couve-flor recheada de micro-ondas

cauliflower-613618_640

Já parou pra pensar no quanto de frutas, verduras e legumes a gente tem para escolher nesse Brasil afora? E, por acaso, você já se perguntou porquê se limita tanto e acaba repetindo a mesma salada, o mesmo legume e as mesmas comidinhas constantemente? Pois é! A rotina engole a gente de um jeito, que acabamos por fazer escolhas mecanicamente, sem nem perceber. Porém, nossa saúde e nosso paladar só tem a sair ganhando se jogarmos no mesmo time da diversidade. E, para mudar um pouco o cardápio, compartilhamos um jeito bem gostoso de preparar a couve-flor.

“A couve flor possui inúmeros benefícios para a saúde, principalmente se fizer parte de uma alimentação equilibrada. Rica em vitamina C, ácido fólico, vitaminas K, B1, B2, B3, B6 e E, a planta fornece ainda muitos minerais essenciais como o cálcio, o fósforo, o manganês, o magnésio e o potássio. Fonte de proteínas, o alimento carrega quantidades muito baixas de gorduras, sendo um alimento muito bom para quem busca hábitos mais saudáveis de alimentação e o emagrecimento.

cauliflower-849643_640

O consumo de couve flor pode fazer com que a função imunológica seja fortalecida no corpo, além de aumentar a proteção contra doenças cardíacas. Devido à presença de antioxidantes, o consumo ajuda ainda a retardar o envelhecimento. Entre os benefícios comprovados estão ainda o reparo do DNA e proteção, combate à hipertensão, combate às doenças cardiovasculares, proteção contra o Alzheimer, osteoporose, crises de epilepsia e alopecia.” Fonte: Benefícios Naturais

Convencidos?! É tudo de bom! Fácil e prático de preparar. A sugestão é rechear com presunto e queijo, mas você pode adaptar a seu gosto, só com queijo ou com peito de peru, ricota, etc. Vamos aprender? Anota aí:

Couve-flor recheada de micro-ondas

food-772241_640

Receita original de Tudo Gostoso
Rende 4 porções

  • 1 couve-flor média
  • 1 saquinho de microondas ou de congelamento
  • 100 g de presunto
  • 100 g de queijo
  • 1/2 cebola
  • 1 colher de sopa de purê de alho (alho amassadinho, mais ou menos 6 dentes, ou a gosto)
  • 1 caixa de creme de leite
  • 4 colheres de sopa de queijo ralado

Lave a couve inteira coloque dentro do saquinho e dê um nozinho. Fure com um garfo e cozinhe no microondas aproximadamente 4 minutos ou até alcançar a textura desejada. Depois de cozido reserve. Pique o presunto e o queijo em cubos, e recheie a couve colocando entre as cavidades.

Em um refratário coloque a cebola o purê de alho e cozinhe no microondas cerca de 2 minutos acrescente o creme de leite e o queijo ralado. Cozinhe novamente no microondas cerca de 2 minutos ou até alcançar a consistência desejada. Em um recipiente definitivo, coloque a couve já pronta e despeje o molho. Polvilhe com o queijo ralado e leve ao microondas por mais ou menos 3 minutos.


Nutrindo com abobrinha + receita de fritada vegetariana

Quem nunca abriu a geladeira e se deparou apenas com água, alguns ovos e uns restinhos de legumes?! Fim do mês acontece muito, né? Não só pelo aperto da grana, ainda mais nos tempos de crise, mas também pela falta de tempo de fazer aquela supercompra e repor todo o estoque da despensa. Até o final de semana chegar, o que é resta é improvisar e fazer bom uso dos gatos pingados da geladeira.

vegetables-777385_640

Uma saída prática e saborosa é preparar uma fritada com os temperinhos que tiver em casa e aquele restô de abobrinha, sabe? É uma receita individual, mas você pode adaptar de acordo com as suas necessidades e a quantidade de bocas que tem para alimentar.

Aliás, a abobrinha é um legume ótimo para ser inserido ou reconsiderado na alimentação. Ela possui uma lista enorme de benefícios, como controlar a hipertensão, graças à grande quantidade de potássio. Além disso, a abobrinha é rica em niacina, vitaminas do complexo B, vitamina A e minerais como fósforo, cálcio, sódio e magnésio.

abobrinha

E, apesar de todo esse poder nutritivo, é um alimento leve. Uma abobrinha tem pouqíssimas calorias e 10% de fibra dietética da ingestão recomendada, a qual auxilia na digestão, previne a constipação e mantém o nível de açúcar no sangue baixo.

Caso você ainda não seja adepto à abobrinha ou não saiba muito bem como proceder durante as compras, como escolher e quando comprar, aqui fica uma dica de amiga:

Abobrinha

Quer mais o quê? Bora aprender a preparar essa fritada! Outra receita com abobrinha você encontra AQUI.

Fritada de Abobrinha

Reprodução Gordelícias

Receita original de Gordelícias
Rende 1 porção

  • 1/2 abobrinha média
  • 1 ovo
  • 1/2 dente de alho picadinho
  • 1 colher de sopa de cheiro verde picadinho (se não tiver, pode usar alguma outra ervinha seca para temperar)
  • 1/4 de xícara de farinha de linhaça dourada (pode usar farinha de aveia, farinha integral, farinha de arroz…)
  • 1 colher de sopa (rasa) de fermento
  • Sal e pimenta do reino à gosto
  • 1 fio de óleo para untar a frigideira

1. Rale a abobrinha (ralo grosso) e retire o excesso de água, espremendo com as mãos e secando com o papel toalha.
2. Misture a abobrinha com os demais ingredientes em uma tigela.
3. Pré aqueça uma frigideira anti-aderente em fogo médio e unte com um fio de óleo, retirando o excesso com papel toalha.
4. Despeje a massa sobre a frigideira, formando um disco de cerca de 1 centímetro de espessura. Deixe dourar por 2  minutos de cada lado. Repita o processo com o restante da massa (caso sobre massa).


Só dá ela: cenoura no salgado e no doce

A pressa e a correia do dia-a-dia podem, muitas vezes, serem inimigos da criatividade quando se trata da alimentação. Pensar em texturas e preparações diferentes com os ingredientes mais comuns não é fácil para todo mundo, ainda mais para quem não tem tanta experiência na cozinha. É por isso que o Equilibre-se está aqui, para ajudar todo mundo a ser mais leve, com sabor e saúde. E o nosso alvo de hoje é a cenoura.

carrots-673184_640

A gente vai apresentar duas propostas bem clássicas, e deliciosas, de preparações com esse legume básico e versátil. São receitas que, além de fugir do consumo comum, crua ou cozida, servem de alternativa para aqueles que tem dificuldade, ou simplesmente pouca simpatia, com a cenoura.

O bolo de cenoura com cobertura de chocolate já é um velho e amado conhecido de muita gente, o diferencial é que essa versão apresentada é light e sem açúcar, podendo ser uma sobremesa e tanto para os diabéticos. O pulo do gato aqui é o suflê, um prato que esbanja sofisticação e é um delicioso acompanhamento para diversos pratos, que é também uma opção para os vegetarianos.

Suflê de Cenoura

Receita de Gordelícias

Reprodução Gordelícias

 

  • 4 cenouras médias
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 4 ovos (gemas e claras separadas)
  • Queijo parmesão ralado (pra polvilhar)
  • Noz moscada (ralada na hora)

Primeiramente, cozinhe as cenouras; para cozinhar mais rápido, corte em rodelinhas. Depois de cozidas, bata-as no liquidificador com o leite, a farinha de trigo, a noz-moscada e o sal. Leve a mistura ao fogo (médio), mexendo até engrossar (cerca de 5 minutos). Retire do fogo e acrescente as gemas uma de cada vez, sem parar de mexer. Bata as claras em neve e incorpore à mistura, mexendo delicadamente. O movimento aqui precisa ser delicado, senão as claras desmancham feito água e comprometem o creme do suflê. 

Reprodução Gordelícias

Coloque a mistura em um refratário médio (20cm de diâmetro) ou em forminhas individuais. A receita rende pelo menos 8 forminhas individuais. Polvilhe com o queijo parmesão e leve ao forno médio, pré-aquecido, até dourar. Retire do forno e sirva logo em seguida.

Dica:

Não adianta fazer suflê duas horas antes de servir. O risco de encontrar um alimento murcho e feio é enorme! Portanto, leve o seu preparo ao forno poucos minutos antes de servi-lo. Fica pronto rapidinho, nem tem que esperar muito!

Reprodução Gordelícias

Bolo de Cenoura Light

 

  • 3 cenouras picadas
  • 2 gemas
  • 3 claras
  • 1/3 de xícara de chá de óleo
  • 1 xícara de chá farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • ½ xícara de chá de adoçante culinário

Bata a cenoura, as gemas e claras e o óleo no liquidificador até atingir uma mistura homogênea. Num recipiente a parte, coloque a farinha, o fermento e o adoçante. Junte a massa de cenoura batida e misture bem, delicadamente com um batedor de arame. Unte uma forma pequena com margarina e farinha. Leve ao forno médio pré-aquecido e asse por 40 minutos.

A cobertura você pode seguir a receita sugerida no vídeo ou fazer aquela de brigadeiro sem leite condensado, que já ensinamos AQUI.

cake-478714_640


Receitas práticas vegetarianas

burger-462831_640

Quantas vezes você já abusou da comida e passou um pouco da conta? Os finais de semana geralmente representam a oportunidade de sair da rotina e enfiar o pé na jaca. Por isso, ter receitas gostosas e equilibradas à mão pode ser um trunfo para comer de tudo e aproveitar os sabores, sem arrependimentos.

Nossa sugestão são duas receitas vegetarianas, rápidas de preparar e bem gostosas. Você pode lançar mão das duas quando quiser maneirar no cardápio ou mesmo experimentar novos paladares.

Quibe assado de batata

82604_original

Rende 10 porções
Receita original de Tudo Gostoso

  • 1 e 1/2 kg de batata bem cozida e sem casca
  • 500 g de trigo para quibe (seco)
  • 4 colheres de sopa de margarina ou manteiga
  • 2 cebolas médias cortadas em fatias bem finas
  • Queijo muçarela (opcional)
  • Hortelã, sal, pimenta e azeite a gosto

Depois de amassar bem as batatas cozidas, misture ao trigo seco (direto do pacote, sem hidratar). Junte a margarina ou manteiga e tempere com azeite, sal, hortelã e pimenta a gosto. Forre uma travessa de vidro (sem untar) com metade da receita da massa. Recheie com as cebolas fatiadas (bem finas) e acrescente muçarela, se quiser. Cubra com a outra metade da receita. Regue com azeite e leve ao forno médio até dourar.

Você também pode improvisar e acrescentar legumes ou outros recheios. Caso não seja vegetariano, também pode optar por ingredientes leves de sua preferência.

Hambúrguer de aveia

160069_original

Receita original de Tudo Gostoso

  • 2 ovos
  • 6 colheres de sopa de farinha de aveia ou aveia em flocos finos
  • 1 colher de sopa de molho de soja (shoyu)
  • 1 colher de café rasa de sal
  • 1/2 colher de chá de orégano
  • Manteiga ou margarina para untar

Misture todos os ingredientes em uma vasilha. Unte uma frigideira com um pouco de manteiga ou margarina (só mesmo para não grudar). Encha uma ou duas colheres de sopa da mistura e despeje na frigideira já aquecida. Deixa em fogo médio por uns 2 minutos ou até ficar douradinho embaixo. Vire o hambúrguer e espere mais 2 minutos ou até dourar. Está pronto!


Só legumes: receitas vegetarianas de muffin e falso macarrão

Fim de semana chegando e com ele toda a vontade de descansar, relaxar, dormir, comer bem e não perder tempo para ser feliz. Concorda? Por isso nosso apanhado de receitas vem bem prático, saudável, vegetariano e gostoso. Para você não ficar preso na cozinha e, sim, solto para curtir a vida!

green-soup-261183_640

No comecinho dessa semana falamos de como inserir novidades na alimentação das crianças (se você não leu, clique AQUI) e até da necessidade do uso da criatividade nas compras para substituições viáveis que driblam os altos preços inflacionados.

Essas receitas são a base de legumes, verduras e laticínios, e podem ser alternativas para a degustação de novos alimentos na família. O muffin, uma espécie de bolinho individual salgado, é uma opção de lanchinho saudável e nutritivo (inclusive para os adultos) e também uma forma de disfarçar o espinafre, para o qual muita gente torce o nariz. Quer ver?

Muffin de espinafre com queijo

  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo integral
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 1 xícara (chá) de queijo muçarela em cubinhos
  • 1 xícara (chá) cheia de espinafre
  • 1/2 xícara (chá) de óleo vegetal (canola, soja, milho)
  • 1/2 xícara (chá) de leite integral
  • 3 ovos

Desfolhe o espinafre e pique grosseiramente. Em um liquidificador, bata o óleo, o leite, os ovos e o espinafre. Em um vasilhame, junte todos os ingredientes secos (farinhas, sal e fermento). Aos poucos e com ajuda de um fouet ou outro batedor, acrescente a parte líquida. Unte a forma de muffin, preencha a metade com a massa, recheie com o queijo e cubra a outra metade. Se não tiver forma específica para muffin, serve aquelas de empadinha ou qualquer outra forma com divisões individuais. Asse em forno preaquecido a 180ºC por mais ou menos dez minutos.

Já o falso macarrão, receita da Bela Gil, sugere uma preparação diferente para legumes comuns, como a cenoura e a abobrinha. Também é uma opção, que não deixa nada a desejar, a quem tem restrições ao consumo de massas comuns e glúten.

Para dar o formato de espaguete, para imitar o macarrão, sugere-se o uso de raladores de legumes finos. O segredo está em ralar a cenoura e a abobrinha no sentido do comprimento, como mostra a foto.

ralar

Vale lembrar que só se utiliza a polpa da abobrinha, tá? A parte do centro, que é mais mole e tem sementes é descartada da receita, mas pode ser cozida e reaproveitada (até mesmo servida junto, em cubinhos refogados). A casca também pode entrar no ralo, basta lavar bem.

Aqui a ideia é um refogado simples, a la alho e óleo, mas você também pode servir com o molho e acompanhamentos de sua preferência. Combina com tudo e dá super certo.

Macarrão de cenoura e abobrinha

  • 1 cenoura
  • 2 abobrinhas grandes ou 300 gramas
  • 5 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa azeite de oliva
  • Sal a gosto
  • Temperos verdes a gosto
  • 1 colher de sopa de azeite para finalizar (opcional)

Corte a cenoura e a abobrinha usando um cortador de legumes. Refogue o alho no azeite de oliva. Adicione os legumes, sal e refogue por mais cinco minutos. Finalize com os temperos verdes e o fio de azeite.

Gostou? Difícil? Não, né?! Já que a comilança está garantida… bom final de semana!


Refeições combinadas: lanche, suco e prato principal com cenoura e espinafre (vegetarianos)


Como anda seu consumo de verduras e legumes? Firme ou mais ou menos? A gente sabe que nem sempre dá para colocar todas as cores no prato ou preparar saladas sortidas. Então, para lhe ajudar a manter a linha e aproveitar todos os benefícios possíveis, ensinamos três receitas deliciosas com cenoura e espinafre.

São três opções que compõem refeições completas, entre lanche e prato principal. A sugestão de recheio da panqueca é com ricota, mas você pode adaptar da maneira que preferir (com carne, frango, calabresa, queijo e presunto etc.). Vamos aprender?

Smoothie Detox de Cenoura

0002791750PP-565x849

Receita original Alimentação Fitness

  • 1 xícara de cenoura crua picada;
  • 1 laranja descascada;
  • 50g de espinafre (mais ou menos 1/3 do maço);
  • 1 fatia de gengibre.

Bata tudo no liquidificador, acrescente gelo a gosto e beba na hora.

Informação Nutricional:
141 Kcal
Proteínas: 5g
Carboidratos: 40g
Lipídeos: 0,8g

Muffin de cenoura e ervas

DSC01720

  • 1 ovo ligeiramente batido
  • ¾ de xícara de chá de leite
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 1 xícara de chá de farinha de trigo
  • 1 cenoura pequena ralada
  • ¼ de xícara de chá de parmesão ralado
  • 2 colheres de sopa de salsinha picada
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de sopa de cebola picada
  • ½ colher de sopa de alecrim picado grosseiramente (opcional)
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Misture o ovo com o leite e o azeite. Aos poucos, junte a farinha e o restante dos ingredientes, incorporando até homogeneizar. Tempere com sal e pimenta a gosto. Despeje a massa em forminhas apoiadas em uma assadeira e asse em forno moderado preaquecido a 180º por 25 minutos, ou até que ao espetar o bolinho no centro com um palito, ele saia limpo. Espere amornar para desenformar e sirva em seguida.

É uma ótima opção para os lanchinhos das crianças e até para levar num potinho pro trabalho.

Panqueca de espinafre com ricota

DSC01721

Para a massa:

  • 2 xícaras de chá de leite
  • 1 e ½ xícara de chá de farinha de trigo
  • 1 xícara de chá de folhas de espinafre cruas
  • ½ colher de chá de sal
  • Manteiga ou óleo para pincelar

Bata os ingredientes no liquidificador até ficar uniforme. Em fogo médio, aqueça uma frigideira antiaderente pincelada com manteiga ou óleo. Despeje um pouco mais de ½ concha de massa e gire a frigideira levemente para que se espalhe pelo fundo. Quando começar a dourar por baixo (verifique com uma espátula), vire com cuidado para dourar o outro lado. Repita a operação até terminar a massa e vá empilhando em um prato.

Para o recheio:

  • 1 cebola pequena picada
  • 2 colheres de sopa de manteiga ou óleo
  • 500 gramas de ricota passada pela peneira
  • ¼ de xícara de chá de leite
  • 1 colhe de sopa de salsinha picada
  • 1 colher de sopa de cebolinha verde picada
  • ½ copo (110 g) de requeijão cremoso
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • Molho de tomate quente para acompanhar

Frite a cebola na manteiga ou no óleo até murchar. Transfira para uma tigela e junte a ricota, o leite, as ervas e o requeijão. Misture bem e tempere com sal e pimenta a gosto.

Montagem

Recheie cada disco de massa com uma porção do recheio, enrole e acomode lado a lado em um refratário. Sirva as panquecas quentes, acompanhadas de molho de tomate.