Receita: Pão de Beijo (Pão de Queijo Vegano)

Receita fácil e delícia, da Paveg Blog, para agradar ao paladar de todo mundo, da criança à vovó. 

  • 2 unidades (aproximadamente 400 g) de batatas inglesas cozidas e descascadas
  • 1 e 1/2 xícaras de chá (270 g) de goma pronta para tapioca
  • 1/4 de xícara de chá (30 g) de polvilho doce (fécula de mandioca)
  • 1 e 1/2 colheres de  chá de sal
  • 2 colheres de sopa  (30 ml) de azeite
  • 1 colher de sopa de fermento químico
  • 1 colher de sopa (15 ml) de água

Modo de Preparo

  1. Amasse as batatas e reserve;
  2. Em um recipiente misture a tapioca, o polvilho doce e o sal;
  3. Acrescente as batatas e o azeite;
  4. Vá amassando a massa com as mãos;
  5. Adicione o fermento e continue a amassar. Faça o mesmo com a água;
  6. Modele em formato de bolinhas. Disponha em uma assadeira untada com azeite;
  7. Leve ao forno pré-aquecido a 180º C por 40 minutos (ou até perceber que os pães já estão douradinhos).

Receita: Tapioca de café

A tapioca é feita com polvilho doce e fica, simplesmente, deliciosa! A receita caseira, recheada com doce de leite e nibs de chocolate, é do chef Rodrigo Oliveira.

Ingredientes

  • 500 g de polvilho doce (cerca de 4 xícaras)
  • 1 ¼ xícara (chá) de café coado forte e frio (300 ml)
  • 1 pitada de sal
  • Doce de leite a gosto para rechear
  • Nibs de cacau a gosto para rechear

Modo de Preparo:

  1. Numa tigela grande, coloque o polvilho e tempere com uma pitada de sal;
  2. Vá regando com o café, aos poucos, e misturando com as mãos até que não tenha mais partes brancas de polvilho na massa – a quantidade de líquido pode variar de acordo com o polvilho, a massa deve ficar bem úmida e sedosa, que modela ao ser apertada;
  3. Assim que for hidratada a massa de tapioca já pode ser usada, mas se puder, deixe descansar por 10 minutos;
  4. Sobre outra tigela, passe a massa de tapioca hidratada por uma peneira, raspando com uma colher – assim a farinha fica bem solta e fininha. Nessa etapa você pode tampar e armazenar na geladeira por até 5 dias;
  5. Leve uma tapioqueira (ou frigideira antiaderente) ao fogo médio. Dica: para saber se está quente o suficiente, salpique um pouco da farinha de tapioca – ela deve pular depois de alguns segundos;
  6. Abaixe o fogo e, com uma colher grande (ou escumadeira) espalhe uma porção da farinha formando um disco uniforme no fundo da frigideira, sem compactar – coloque a porção de farinha de uma só vez no centro da frigideira e vá espalhando delicadamente com as costas da colher. Se preferir, peneire a massa de tapioca direto na frigideira;
  7. Deixe a tapioca cozinhar por 1 minuto até firmar – não precisa virar. Espalhe uma colherada de doce de leite e polvilhe com nibs de cacau;
  8. Dobre a tapioca ao meio e deixe o recheio aquecer por alguns segundos. Sirva a seguir, com frutas picadas.

HIDRATOU DEMAIS?

Basta acrescentar um pouco de polvilho (se achar que a tapioca está borrachuda, é porque a massa está muito úmida).

FICOU QUEBRADIÇA?

Se a tapioca não formar na frigideira ou ficar quebradiça, é sinal que hidratou de menos. Adicione um pouco mais de líquido.

PARA FAZER VÁRIAS

Faça os discos de tapioca, dobre sem o recheio, transfira para um prato e cubra com um pano – as tapiocas vão permanecer macias e quentinhas para que todos possam comer ao mesmo tempo.

Receita: Pão de queijo fit

A receita da nutricionista da Granja Mantiqueira, Sandra Wages, rende 10 unidades e tem apenas 42 calorias em cada pãozinho!

Foto Divulgação

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de tapioca
  • 3 colheres de sopa de requeijão light
  • 1 colher de sopa de queijo parmesão light
  • 1 ovo inteiro

Modo de preparo
1.
 Em um recipiente, coloque o ovo, a tapioca e o requeijão light. Misture bem.
2. Adicione o parmesão e mexa mais um pouco até ficar homogêneo.
3. Distribua em formas de empadinha, ou outra de sua preferência, untadas com manteiga.
4. Leve ao forno por 15 minutos ou até ficar douradinho.

Compartilhado por Vogue

Sugestões para deixar o lanche dos diabéticos mais saudável

Pequenas mudanças no cardápio podem fazer uma grande diferença na saúde de quem tem essa doença. “Alimentação não é sinônimo de proibição, mas de inclusão de itens simples e saudáveis”, opina a nutricionista e chef Flora Spolidoro, da Day by Diet, em São Paulo.

Ao seguir as dicas abaixo, você vai ver que “sucumbir” ao apelo da fome no meio da tarde não significa um descuido com seu corpo. Pelo contrário! Olha só:

Sucos por água aromatizada

A sugestão da nutricionista Renata Juliana da Silva, da Universidade de São Paulo (USP), é enriquecer a água mineral com frutas frescas (laranja, limão, lichia, kiwi…), ervas aromáticas (menta, hortelã e erva-doce), raízes (gengibre) e especiarias (anis, cravo e canela em pau). Além de ser uma alternativa ao suco, a mistura hidrata e dispensa o uso de açúcar ou adoçantes. Faça um rodízio com os ingredientes de sua preferência para não enjoar.

Barrinha de cereais por mix de oleaginosas

Algumas marcas de barras de cereal carregam no açúcar e no sódio e, pra piorar, apresentam poucas fibras. Ao optar por um mix de castanhas, amêndoas e nozes, você garante antioxidantes e gorduras que atuam em prol do coração. Mas contente-se com um punhado, já que esses itens são calóricos.

Bolacha recheada por mix de frutas desidratadas

Os biscoitos com recheio estão entre os produtos que ainda podem concentrar gordura trans – ou, como substituta dela, a versão saturada. Então, a dica é trocá-los por frutas secas, caso do damasco e da uva-passa, que entregam minerais como zinco, aliado da imunidade. O único senão é o grande aporte de calorias.

Tapioca com manteiga por tapioca recheada com queijo magro

A massa é, basicamente, fonte de carboidrato – nada muito diferente do pão branco. Para tornar a tapioca uma opção bacana, o segredo é caprichar na qualidade do recheio. Queijos magros, caso do cottage, e frutas picadas são exemplos de ótimos parceiros para equilibrar a glicemia.

Conteúdo Saúde Abril

Será mesmo que tapioca emagrece?!

Conteúdo original Mais Equilíbrio

Nós já falamos aqui sobre alguns benefícios da tapioca para o seu corpo. Super fit e saborosa, ela ganhou o coração e a mesa dos brasileiros já há alguns anos, porém agora com mais força do que nunca. Tanto que tem muita gente trocando o pão pela tapioca imaginando que esta simples atitude causará emagrecimento.

40867b68ab99de2ea32da09180dc3422

Mas saiba, não é bem assim.  A tapioca possui uma elevada concentração de carboidratos – uma tapioca pequena, com 50 gramas, contém 43 g de carboidratos e cerca de 70 kcal. Dra. Viviane Christina de Oliveira Endocrinologista e Metabologista da Clinica MedPrimus explica que a tapioca entra no cardápio no lugar do pão com vantagens por ter um único ingrediente, a fécula de mandioca, portanto, não contém gordura, glúten, sódio e não necessita de óleo no preparo. Porém, não possui fibras e vitaminas, por isso, é preciso ter cuidado.

Para pessoas com diabetes o recheio da tapioca a deixará prejudicial ou não, pois trata-se de um alimento de alto índice glicêmico (115), fator que diferencia os carboidratos, pois cada tipo, “entra” na corrente sanguínea com diferentes velocidades. A tapioca tem liberação rápida e provoca uma hiperglicemia (aumento da glicose). Este quadro estimula a liberação do hormônio insulina, visando controlar os níveis glicêmicos. A médica explica que a alternativa é rechear a tapioca com alimentos ricos em fibras (vegetais) e proteínas (frango, ovos, atum, cottage). Outra dica, é adicionar chia na massa e misturar antes de ir para frigideira.

Portanto, de um modo geral, a tapioca é, sim, uma boa alternativa para substituir o pão branco, mas, quem troca o pão pela tapioca, pensando apenas na quantidade de calorias, pode cometer o mesmo erro de quem tira o glúten da dieta e passa a comer alimentos sem fibras.

“Equilíbrio e bom senso só fazem bem. Antes de adicionar ou excluir algum alimento do seu cardápio é importante verificar se a dieta da moda tem todos os nutrientes que o seu corpo precisa! Consulte um Endocrinologista e um Nutricionista.” Finaliza Dra. Viviane Christina de Oliveira Endocrinologista e Metabologista.

Receita: Pizza de tapioca com queijo e tomate-cereja

Receita compartilhada por M de Mulher

Se você é da turma que não vive sem uma pizza, aqui vai uma sugestão diferente e sem glúten: a de tapioca, versão que virou moda nas redes sociais. Quer entrar na onda? A gente ensina como fazer:

Pizza de tapioca com queijo e tomate-cereja

  • 04 col. (sopa) da goma de tapioca
  • 8 fatias (pequenas) de mussarela light ou de queijo vegano
  • 4 tomate-cereja picados
  • 4 azeitonas picadas
  • Manjericão e orégano a gosto
  • 1 fio de azeite extravirgem (também pode ser azeite de abacate ou óleo de coco)

Leve a frigideira antiaderente ao fogo e prepare o disco de tapioca. Quando estiver pronto, acrescente as fatias de queijo, os tomatinhos, as azeitonas, o manjericão, o orégano e um fio de azeite. Se precisar, polvilhe sal rosa.

Dica: use a criatividade e inove no recheio. Você pode colocar brócolis, palmito, cebolinha, alho desidratado, salsinha, ovos cozidos, peito de frango desfiado, atum…

Dupla saborosa: Chocolate Quente e “Pão de Queijo” saudáveis

Dias chuvosos, temperatura mais amena, fim de tarde, um lanchinho gostoso… Lembra o que? Chocolate quente com pão de queijo, tudo quentinho! Que tal, heim? Não encara porque engorda, faz mal e não é saudável? Nessa versão que a gente te ensina dá pra ser (muuuito!) feliz se jogando nessas delícias sem culpa.

O que pesa num lanchinho desses é a quantidade de gordura e açúcares. Isso porque, geralmente, o chocolate quente servido nas cafeterias é acompanhado de chantilly, vem bem adoçado e é feito com leite integral.

Já o pão de queijo, dispensa apresentações. É feito com aquela mistura já conhecida de polvilho, leite, óleo e queijos, que já carregam suas gorduras naturais.

A proposta aqui é reproduzir essas duas gostosuras preservando o sabor, mas mantendo a linha na saúde e buscando extrair os benefícios dos ingredientes funcionais empregados. Vamos aprender? Não precisa de prática na cozinha, é bem rápido e fácil.

Chocolate Quente

hot-623553_640

Para uma porção, você vai precisar de:

  • 200 ml de leite comum desnatado (ou qualquer leite vegetal magro)
  • 1 colher de sobremesa de chocolate em pó
  • 1 colher de café de canela
  • Adoçante a gosto

Aqueça o leite da forma que preferir. Misture o chocolate em pó até que dissolva por completo. Junte a canela e também misture. Adoce como preferir, nossa sugestão é usar mel ou adoçante.

Sem segredos, né? O toque especial fica por conta da canela, que apura o sabor do chocolate e o deixa com um paladar maravilhoso, típico de cafeteria. Mesmo que você não goste de canela, não se preocupe. Ela perde o gosto característico e dá um retoque no chocolate.

O bom desse chocolate é que, além de ser pouco calórico e sem gordura, unido à canela, torna-se uma excelente bebida termogênica, potencializando o seu gasto calórico. Sem contar o efeito antioxidante, estimulante e protetor do chocolate.

Ele também é uma ótima opção para antes de dormir, pois esquenta a barriguinha, dando aquela sensação de bem-estar e cuidado de mãe, e ainda ajuda o organismo a queimar mais calorias enquanto você dorme.

“Pão de Queijo” de frigideira

d18cbb437a82d6bb0848ab89a0eda042

Essa é uma versão falsa de pão de queijo. Tem todo o sabor e a textura, porém não possui o formato de um pão de queijo. Ele é feito na frigideira, sem dificuldades.

  • 3 colheres de sopa de goma de tapioca (daquela hidratada)
  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa de creme de leite ou requeijão magro
  • 1 pitadinha de sal
  • 1 colher de sobremesa de queijo parmesão ralado

Bata a goma de tapioca, o ovo, o creme de leite ou requeijão e o sal com um garfo ou mixer. Acrescente o queijo e misture. Aqueça uma frigideira antiaderente (ou então besunte toda a superfície com um pouco de óleo, retire o excesso com uma folha de papel toalha).

Em fogo baixo, coloque a mistura e aguarde alguns minutos, até dourar de um lado. Esse falso pão de queijo é preparado, mais ou menos, como uma omelete. Quando estiver no ponto certo de virar, ele irá soltar sozinho do fundo. Vire e deixe dourar do outro lado.

É normal que a massa infle, como se fossem bolhas. Depois de dourados os dois lados, está pronto para servir. Para incrementar, você pode adicionar cubinhos de queijo tipo minas ou ricota à massa ainda crua.

0010657016Y-849x565

Agora é só arrumar as almofadas, puxar o edredom, se aconchegar e desfrutar do lanchinho mais delicioso da vida!