Receita: Esfiha sem glúten, sem leite e sem ovos

A maior dificuldade quem segue dieta é passar ileso sem meter um dedinho que seja na jaca aos finais de semana. Quem nunca?! O nosso lema por aqui é equilíbrio sempre. Sair da linha de vez em quando, uma vez ou outra, não vai prejudicar a sua trajetória. O importante é ter em mente que o sofrimento é desnecessário. Tem opção, sim!, de quitute assado e gostoso para animar o weekend.

capa

A receita toda saudável e adaptável é da Pati, do FruFruta. Para quem não é vegano e não tem restrições em consumir ovo, pode haver a inclusão ok?! O foco é na massa, o recheio fica por conta do freguês: pode ser carne, frango, queijos, calabresa, vegetais, tofu etc.

Para deixar com a coloração mais dourada, que lembra o efeito da gema sobre o assado, a dica da Pati é usar uma mistura de cúrcuma (açafrão da terra) e café. Inusitado, não é?! Mas ela garante que não altera o sabor. Caso você opte pelo uso do ovo, passe a gema mesmo, como se faz nas preparações comuns.

Esfiha sem glúten, sem leite e sem ovos

Rende aproximadamente 20 unidades

Reprodução FruFruta

  • 300g de farinha de arroz integral
  • 300g de polvilho doce
  • 2 e 1/2 colheres chá de goma xantana (pode ser substituído por ovo)
  • 20g fermento biológico seco
  • 4 colheres de sopa de açúcar demerara
  • 400 ml de água morna
  • 6 colheres de sopa (60g) de manteiga ghee (ou creme vegetal, para versão vegana)
  • 2 colheres de sopa de chia
  • 1/2 colher de chá de sal

Para pincelar

  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1/2 colher (chá) de cúrcuma
  • Gotinhas de café passado

Reprodução FruFruta

Instruções

  1. Unte e enfarinhe uma forma grande. Misture bem todos os secos. Faça um buraquinho no meio deles e adicione, aos poucos, a água, sempre mexendo. Incorpore a manteiga e amasse com as mãos.
  2. Separe bolinhas de 60g de massa e, com as maos úmidas, abra em discos. Coloque 1/2 a 1 colher de sopa de recheio dentro da massa e feche em 3 emendas, molhando um pouco os dedos para grudar.
  3. Coloque a esfiha na forma com a emenda para baixo e deixe descansando por 10 minutos.
  4. Pré-aqueça o forno em 200 graus.
  5. Pincele as esfihas com uma mistura de azeite de oliva, cúrcuma em pó e gotinhas de café.
  6. Asse por aprox. 25 minutos. A parte de baixo das esfihas devem ficar douradas.
  7. Sirva morno.

Cookies super saudáveis (sem açúcar, sem gordura, sem lactose, sem ovos)

cookies-690037_640

Esse post é para você que adora um biscoitinho a qualquer hora do dia e até então não tinha encontrado um substituto a altura. Seus problemas acabaram! É possível, sim, fazer cookies saudáveis, saborosos e práticos, com poucos minutinhos de forno e muitos nutrientes.

Poder ser uma excelente opção para as crianças, principalmente por ser a base de fruta e  super do bem, sem açúcar e gordura. Também é uma alterativa maravilhosa para quem está querendo mudar os hábitos e deixar os industrializados de lado. Sem falar em quer faz dieta. Enfim, um lanchinho delícia para a família toda.

Cookies super saudáveis

cookies-780011_640

Receita original do blog Cozinhando para 2 ou 1
Rende 12 cookies

  • 2 bananas nanicas maduras
  • 1 xícara de flocos de aveia, de quinoa ou de amaranto
  • 2 colheres de sopa de uvas passas sem sementes, coco ralado ou frutas secas picadinhas (opcional)
  • 2 colheres de sopa de nozes, amêndoas, castanhas picadas ou outras oleaginosas (opcional)
  • 1 colher de chá de canela em pó (opcional)

Com um garfo, amasse as bananas e misture os outros ingredientes até obter uma massa bem integrada. Em uma assadeira antiaderente, ou untada com um mínimo de azeite, coloque montinhos de pouco menos de 1 colher de sopa da massa, com 1 dedo de distância entre eles. Não deixe-os muito altos para que assem bem e fiquem mais sequinhos.

Leve a assadeira ao forno pré-aquecido, em 180ºC, por mais ou menos 20 minutos. Quando os cookies estiverem dourados, desligue o forno e deixe-os esfriarem lá dentro.

cookies-793126_640

Dica: quanto mais maduras estiverem as bananas, mais doces ficarão os cookies. Acrescentar um pouco de uvas passas também ajuda a adoçar, já as nozes deixam a massa mais crocante. A canela em pó dá um toque gostoso, deixa a casa perfumada e ainda acelera o metabolismo (é termogênica). Todos esses ingredientes são opcionais, mas combinam perfeitamente bem com o cookie.

Caso sobre algum, guarde em um pote hermeticamente fechado. E, se ficarem molinhos, leve-os ao forno novamente para voltarem a ficar firmes.


Chocolate Quente + Bolo de Milharina

20140224_154142 Loris

Foto reprodução Blog da Loris

É inverno, oficialmente. E é nesse período que aquela vontade de comer e beliscar coisinhas durante o dia inteiro aumenta. Mas, a gente sabe que manter o equilíbrio é essencial. Então, vale mais apostar em refeições que sustentem do que comer de pouquinho. Por isso, essas duas receitas são excelentes para fazer seu lanche da tarde ou café da manhã especial.

Nada melhor para aquecer o corpinho do que uma bebida quente, não é?! E o que combina mais com essa estação?! Chocolate! E esse quentinho é super do bem e também é indicado para quem tem intolerância à lactose, pois pode ser feito com leite vegetal. Vamos aprender?

Chocolate Quente Fit

coffee-277792_640

Receita original de Natue
Rende 2 porções

  • 1 xícara (chá) de leite de coco
  • 1 xícara (chá) de leite de amêndoas (ou desnatado ou de soja ou qual você preferir)
  • 2 colheres (sopa) de cacau em pó
  • 2 colheres (chá) de açúcar mascavo (ou demerara ou adoçante ou de coco)
  • ½ colher (café) de extrato de baunilha (opcional)

Aqueça os leites até começar a borbulhar. Transfira para o liquidificador e bata com o restante dos ingredientes em potência máxima para fazer espuma. Sirva em canecas e, se quiser, jogue nibs de cacau, ou raspas de chocolate, por cima.

Huuuummmm…

0010602244T-849x565

E para acompanhar esse chocolate quentinho e completar o combo do lanche, o ‘comes’, bolo de milharina! Essa receita é da maravilhosa Loris, do Blog da Loris, e a calda é uma alquimia da dieta Dukan, pois a sugerida pela Loris leva whey, – e por ser um ingrediente muito específico, preferimos uma opção mais comum e democrática. Mas, fica a sua escolha colocar ou não a calda.

Bolo de Milharina

bolo Loris

Foto reprodução Blog da Loris

  • 1 ovo inteiro (clara e gema)
  • 2 claras
  • 1 xícara de farelo de aveia
  • 1 xícara de milharina
  • Sucralose, agave ou adoçante de forno e fogão para adoçar (a gosto)
  • 1 colher de sopa de  essência de baunilha (opcional)
  • 1 xícara de chá de água quente
  • 1 colher de chá de fermento em pó

Misture todos os ingredientes numa tigela de vidro ou plástico, que seja próprio para micro-ondas, até obter uma massa homogênea. Leve ao micro-ondas, em potência alta, por 6 minutos. Ainda quente, desenforme, coloque a calda ainda quentinha e polvilhe com um pouquinho de cacau.

Fonte: Blog da Loris

Calda de Cacau Dukan

0005725602I-849x565

  • 100 ml de leite (líquido) desnatado
  • 1 a 1 ½ colher (sopa) de cacau em pó sem açúcar
  • 1 colher (sopa) de amido de milho
  • 1 colher (sobremesa) de adoçante (ou a gosto)

Em uma panela, aqueça o leite. Em seguida, acrescente o cacau em pó, o adoçante e mexa bem. Antes da mistura começar a ferver, acrescente o amido de milho e mexa rapidamente por 2 minutos ou até obter uma calda cremosa. Jogue-a por cima da massa do bolo assado.


Alimentação: Saindo da rotina com a batata doce

A gente já sabe que ter uma alimentação regada à variedade de produtos é de extrema importância para a manutenção da nossa saúde. No entanto, por conta da dificuldade do preparo, ou mesmo da falta de afinidade no paladar, muitas dessas opções saudáveis ficam de fora da rotina. E esse é o caso da batata doce.

Se você faz as compras ou acompanha o noticiário, já deve estar sabendo a que pé anda a crise econômica pela qual estamos passando. De um dia para o outro os preços mudam drasticamente, reduzindo as alternativas na mesa e tornando o consumo de alguns legumes dispensáveis.

Por isso, ter criatividade e um leque aberto a todas as possibilidades é essencial para não permitir que a qualidade da alimentação caia. A batata doce é uma escolha que pode ser pensada, principalmente quando estiver em promoção. Se preparada do jeitinho certo, pode ser bem versátil e saborosa.

beneficios-da-batata-doce-620x413

Não necessariamente é preciso inseri-la em pratos salgados. Para quem gosta do sabor agridoce pode ser uma saída. Já para quem não é muito fã da mistura de doce e salgado, vale manter a batata no seu paladar original mesmo.

Ela pode ser cozida e servida com mel e canela, frita ou assada como chips e polvilhada com açúcar e canela, feita em purê, usada como base para mingaus, shakes e outros preparos.

O seu consumo é muito benéfico. A batata doce é fonte de carboidrato complexo de baixo índice glicêmico, ou seja, libera a glicose na corrente sanguínea aos poucos, diminuindo a fome e impedindo o acúmulo de gorduras. Ela também é rica em fibras, ferro, potássio e vitaminas A, C e E.

Aprenda uma receita bem fácil e prática para lanches e café da manhã. Essa panqueca é um exemplo simples e gostoso de implantar a batata doce no cardápio da sua família. Veja só:

Panquecas de batata doce sem glúten e sem lactose

Receita do Lar Natural
Rende 10 unidades

  • 1/2 xícara de purê de batata-doce
  • 2 ovos
  • Óleo ou manteiga para untar a frigideira
  • 3/4 colher de chá de canela em pó
  • 1 pitada de gengibre em pó (opcional)
  • 1 pitada de sal

Misture bem o purê de batata doce e os ovos. Pode bater tudo no liquidificador. Se quiser, adicione a canela, o gengibre em pó e sal. Aqueça uma frigideira e besunte com óleo ou manteiga. Coloque uma concha da mistura de batata doce e deixe por 5 minutos de cada lado ou até dourar. Você pode cobrir as panquecas com manteiga, manteiga de amendoim, mel, frutas ou creme de avelã com cacau. Também ficam boas puras, sem adicionar nada.