A maneira mais direta de impactar os níveis de açúcar no sangue é através da dieta saudável. Os níveis de açúcar (ou glicose) são diretamente afetados pelos alimentos que comemos; os carboidratos são prontamente convertidos em glicose, entrando na corrente sanguínea e tornando-se açúcar no sangue. É importante fazer as escolhas alimentares corretas para minimizar …

Continue lendo

O exercício pode reduzir a pressão sanguínea e reduzir a gordura corporal visceral, pelo menos tão eficazmente quanto muitos medicamentos comuns, de acordo com duas importantes novas revisões de pesquisas relevantes sobre os efeitos do exercício em doenças. Juntos, os novos estudos apoiam a ideia de que o exercício pode ser considerado um remédio e …

Continue lendo

Conteúdo original Mais Equilíbrio A casca da cebola tem muito mais utilidades do que se pensa. E é justamente a primeira coisa que jogamos fora quando vamos cortar esse ingrediente, não é mesmo? Entretanto, você pode usá-la para tratar feridas, melhorar sua saúde e até o seu cabelo. Uma pesquisa realizada recentemente nos Estados Unidos …

Continue lendo

Conteúdo original Minha Vida Incluir verduras e legumes nas refeições é um dos pilares para ter uma alimentação saudável. No entanto, você já prestou atenção na forma como consome esses alimentos? O que acontece é que existem alguns alimentos que quando cozidos, fritos ou refogados perdem consideravelmente suas propriedades nutricionais. De acordo com a nutricionista …

Continue lendo

Conteúdo original Boa Forma A ciência já conhece os efeitos benéficos da atividade física sobre processos inflamatórios no organismo – que, em excesso, geram males como diabetes, obesidade, doença celíaca e fibromialgia. Mas um novo estudo, publicado recentemente na revista científica Brain, Behavior and Immunity, desvendou os mecanismos celulares por trás dessa ação. Mais: a …

Continue lendo

Conteúdo original Mais Equilibrio Estresse no trabalho, problemas familiares e longos períodos de pressão e exigências podem prejudicar o corpo, que é projetado para lidar com períodos breves de estresse. Preocupações em excesso podem gerar ansiedade e desencadear um desequilíbrio emocional que, rapidamente, pode tornar-se um problema físico com a aparição de doenças. E na conturbada vida moderna, picos de estresse …

Continue lendo

“Já está bem estabelecido, entre médicos e pesquisadores, que os bebês que nascem com baixo peso sofrem maior risco de desenvolver hipertensão ao longo da vida.” No entanto, um estudo pioneiro da Universidade de Michigan (MSU) sugere que os hábitos de exercício das mamães durante a gestação podem reverter esse quadro e, possivelmente, reduzir as …

Continue lendo