Dicas para criar uma criança saudável

Se você quiser que o seu filho cresça de forma sadia você deve cuidar da sua alimentação e também, como não, do seu estado emocional. A gente te dá uma série de conselhos para que ajude ao seu filho a crescer de forma equilibrada e possa evitar futuros problemas de saúde.

1. Comer em família. Não deixe que o seu filho coma sozinho. Comer em família contribui com uma série de benefícios. Melhora a comunicação, valoriza o momento da comida de forma especial… Não é apenas um gesto. Vai muito mais além. Comer em família melhora a autoestima da criança e lhe ajuda a melhorar seus hábitos alimentares.

2. Não obrigue o seu filho a comer. Deixe que seja o seu filho quem decida a quantidade que quer comer. O pior que você pode fazer é obrigar-lhe a comer quando não quer. Existem crianças que necessitam comer mais e outras, no entanto, necessitam menos.

3. Não se esqueça nenhum desses alimentos a cada dia. Existem quatro grupos alimentares fundamentais que você nunca deve esquecer e que devem ser incluídos diariamente. São os seguintes: Frutas e verduras, cereais, lácteos e proteínas (carne, peixe, ovos…).

4. Estabelecer uma rotina nas refeições. Estabelecer um horário nas refeições beneficia a criança a regular seu apetite. O pior é deixar que coma a qualquer hora, sem deixar que termine de fazer a digestão. Uma criança necessita fazer cinco refeições por dia: café da manhã, almoço, lanche, merenda e janta.

5. Dê-lhe muita água. A saúde também se mede pela hidratação do corpo. Uma criança necessita beber e, com frequência se esquece porque está brincando. Lembre-a que beba água e fuja dos refrigerantes com excesso de açúcar.

7. Respeite os gostos da criança. Os pais se empenham para que as crianças comam de tudo. Mas, nós os adultos, gostamos de tudo? Por que não respeitar que uma criança goste de determinado alimento? Por exemplo, se o seu filho não gosta de espinafre, busque outro alimento que contribua com os mesmos benefícios e que possa comê-lo com facilidade.

8. Não esqueça nunca de felicitar ao seu filho. Os elogios e a atenção são primordiais. Se ele comeu bem, felicite-o. Isso fará com que ele se encha de orgulho. Mas, não use sobremesas como prêmios.

9. Limite certos alimentos. As sobremesas hipercalóricas, os doces e balas são alimentos que não contribuem com nada de bom. Assim que é melhor que limite seu uso. Não proibi-los, mas limitá-los a momentos especiais (aniversários).

10. Incentive o exercício. Para que uma criança cresça sadia não basta cuidar da sua alimentação. O exercício é sem dúvida um pilar básico. Anime-a para que faça exercício e busque o esporte que ela mais goste.

Por Estefanía Esteban
Redatora de GuiaInfantil.com



Receita: Sequilhos Fit / Diet

Não sei como é para vocês, mas sábado a tarde sempre me remete àquela sensação de conforto e carinho de família, colo de mãe, sorrisos e momentos divertidos, como se sente na infância. Adoro sábados a tarde! Cafés da tarde com a mesa posta e conversa, por mais simples que seja. É gostoso, não é?! E para dias assim, nada como comidinhas que reafirmam o aconchego, como o sequilho.

É um quitute de avó! Um afago na boca, que derrete distribuindo doçura. A minha vózinha fazia sempre, inclusive para vender. Desejou?! Só vai passar vontade se quiser! A receita é da Yamily Benigni, do Emagrecer Certo, bem fácil, prática e rápida. Separa o que é preciso, passa um café fresquinho e bora ser feliz!

Sequilhos Fit / Diet

Calorias: 10 unidades: 80 kcal, com adoçante.

  • 6 colheres (sopa) de amido de milho ou polvilho doce
  • 2 colheres de açúcar ou adoçante culinário de sua preferência (se for usar o adoçante siga as instruções que equivale ao uso de 2 colheres de sopa de açúcar)
  • 1 ovo (precisa furar e retirar a película da gema)
  • 1/2 colher (sopa) de manteiga sem sal
  • 1 pitada de sal para nivelar o sabor.

Mistura tudo até ficar uma massa macia, faça bolinhas e aperte com um garfo, e leve ao forno baixo, a 170ºC, até dourar o fundo, cerca de 35 minutos – mas fique de olho, pode variar de forno para forno.


A doença do momento

“Preciso assumir publicamente que apesar de não parecer, eu estou doente e o mais assustador não é você ler que EU estou doente, mas você ler que provavelmente essa mesma doença também te pegou e você talvez ainda nem se ligou.

girl-791389_960_720

Essa doença te deixa alienado, acaba com a tua concentração, te tira disposição, te faz perder a noção de tempo e até de espaço. É capaz de te tirar o sono, te deixar com fortes dores de cabeça, pode acabar com a tua visão, dificulta tua audição, pode trazer frustração, te colocar num mundo de ilusão e quando em estado muito avançado, te faz perder a razão!

Essa doença é nova e talvez por isso acho que ainda é pouco reconhecida ou pelo menos pouco assumida. Quem é portador, fisicamente falando não costuma ser afetado, mas psicologicamente fica acabado. Se sente cansado, muitas vezes desgastado, quer se curar mas não sabe por onde começar… Vê sua vida mudar, muitas vezes chega a ver o seu mundo real se desmoronar e nem assim consegue parar pra se cuidar…

technology-791332_960_720

É a doença do século XXI que cada vez afeta mais famílias… É a doença que esgota o tempo das pessoas, que as faz ficar gananciosas, que pode até as tornar invejosas. É a doença que muitas vezes destrói amizades, que por vezes cria inimizades e que se alimenta de algumas/muitas falsidades.

É a doença que te faz acreditar que muito do que não foi vivido, por ter sido fotografado é sim passado acontecido. É a doença que só faz se alastrar e se você não se “vacinar”… ela vai te pegar. Essa doença chamada “vício de celular” pode SIM te matar!

smartphone-570511_960_720

Não tô falando pra você deixar de usar o celular até porque nos dias de hoje não tem mais como o eliminar e ele em muitas coisas sempre termina por ajudar. Mas comece a observar que na verdade, não é a sua vida que está de pernas pro ar nem o teu filho que não te deixa parar para respirar.

É o tempo que você passa “viajando” no mundo virtual, que te faz não ter mais tempo pra organizar a tua vida real. Não adianta o ano começar e você acreditar que tudo vai melhorar se você não tem intenção de mudar!”

Original de De Mãe para Mamãe


Conheça opções de molhos saudáveis para o macarrão

Conteúdo original Minha Vida

pasta-743145_960_720

Como nenhuma massa está completa sem um bom molho, selecionamos 10 tipos saudáveis para você ingerir sem prejudicar a sua dieta. A ideia é incrementar o prato com opções menos calóricas, com quantidade de gordura saturada reduzida e muito mais ricas em nutrientes. Os benefícios desta turma podem ser os mais variados possíveis.

Os molhos com tomate ajudam a prevenir e combater o câncer de próstata, já o pesto é rico em gorduras boas e antioxidantes, aqueles que levam cogumelos melhoram o sistema imunológico. Os benefícios são percebidos até mesmo na produção de hormônios com os molhos de frutos do mar. Confira quais são as melhores opções e bom apetite!

Molho ao sugo

Este molho leva tomate, alho, cebola, azeite e manjericão. Ele é uma opção saudável especialmente devido ao primeiro ingrediente que irá tornar a mistura rica em licopeno. “Essa substância que possui ação antioxidante evitando o processo de degeneração celular, ajuda a prevenir e combater o câncer de próstata e a reduzir o colesterol ruim, o LDL”, aponta a nutricionista Camila Benassi, consultora da Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias e Pão & Bolo Industrializado (ABIMA). É saudável consumir o tomate aquecido, pois o licopeno é um composto solúvel em gordura, cuja absorção fica mais fácil após o alimento ser exposto ao calor.

Um estudo feito pela Universidade de Adelaide na Austrália concluiu que o consumo diário de cerca de 25 miligramas de licopeno reduz o colesterol ruim, LDL, em 10%. Por ter um efeito antioxidante, o licopeno também ajuda a prevenir o AVC. Outra pesquisa feita pela University of Eastern Finland, na Finlândia, concluiu, após estudo com 1031 homens, que aqueles com maior concentração de licopeno no sangue tinham 55% menos chances de sofrer um derrame cerebral do que os voluntários com menor quantidade da substância. Além disso, o molho ao sugo possui poucas calorias e leva o alho que também tem ação antioxidante.

Molho bolonhesa

O molho bolonhesa costuma ser preparado com tomate, carne moída, alho, cebola e vinho tinto seco. Como o macarrão é rico em carboidratos e a carne vermelha é fonte de proteínas, esta combinação torna a refeição mais completa. “Caso a pessoa consuma apenas a massa, a comida será digerida rapidamente e ela logo sentirá fome. Já digestão da proteína é mais lenta e por isso proporciona saciedade. Além disso, o nutriente oferece os aminoácidos necessários para o organismo funcionar”, explica a nutricionista e chef Carina Boniatti, da Colherada Gourmet.

Ao escolher a carne moída, selecione os cortes menos gordurosos, como o patinho, a alcatra e o contra filé. Além disso, peça para que o alimento seja moído na hora e procure acompanhar o processo. “Ao comprar a carne já moída você não sabe há quanto tempo ela está lá e o risco de contaminação é maior. Além disso, a carne pode ter muita gordura”, alerta Boniatti. Por conter o tomate e o alho, o molho bolonhesa possui os mesmos benefícios do sugo, rico em antioxidantes e licopeno, mas é mais calórico e conta com a gordura saturada da carne.

Molho pesto

O molho pesto é feito com manjericão, alho, azeite de oliva e pinoli, como este último é difícil de ser encontrado no Brasil (e é mais caro também), ele pode ser substituído por castanhas ou nozes. O manjericão é interessante por ser rico em magnésio que auxilia o sistema cardiovascular e possui antioxidantes que melhoram a imunidade.

As oleaginosas como as castanhas e nozes também são saudáveis por serem fontes de gorduras monoinsaturadas e poli-insaturas que protegem o sistema cardiovascular. A castanha do Pará é uma ótima ideia para incluir no molho por ser rica em selênio que também tem ação antioxidante e ajuda a produção de hormônios da tireoide.

Após bater todos os ingredientes apenas coloque o molho na massa recém-cozida que isto já irá aquecê-lo sem que o azeite perca suas propriedades. Assim, este óleo continua rico em gorduras monoinsaturadas e com efeito antioxidante. “Porém, não abuse da quantidade de azeite, pois ele tem muitas calorias. Ao invés disso coloque mais manjericão e inclua outras ervas como a salsinha”, orienta a nutróloga e chef Telma Sigolo Roberto, consultora do Oraculum – Inteligência em nutrição e saúde.

Alho e óleo

O alho é um poderoso alimento que possui vitaminas A, B1, B2 e C, além de minerais, cálcio, importante para a manutenção dos ossos, enxofre, iodo, que ajuda no funcionamento da tireoide, magnésio, importante para o trabalho muscular, selênio, sódio e o zinco. Ele também conta com a alicina, substância com efeito antioxidante que ajuda a proteger o sistema cardiovascular e a controlar a pressão arterial.

Porém, para obter estes benefícios, o alho não pode ser cozido por muito tempo. “Cozinhe ele por pouco tempo, não o coma torrado, quanto mais escuro ele estiver menos nutrientes terá”, conta Boniatti.

O ideal é preferir o óleo de canola em vez do óleo de soja, pois contém menos gordura saturada e tem mais gorduras boas na composição. De qualquer forma, não abusar na quantidade de óleo vai reduzir as calorias do prato.

Alho e óleo com brócolis

Adicionar vegetais como o brócolis ao macarrão alho e óleo é interessante porque agrega nutrientes ao prato. O brócolis possui o sulforafano que é um antioxidante que auxilia na prevenção de câncer, elimina bactérias que afetam o pulmão e previne a gastrite e a artrite. O vegetal também conta com fibras que contribuem para o trânsito intestinal. Além disso, os benefícios do alho continuam nesta preparação.

Molho com frutos do mar

Este molho normalmente possui camarão, lula, mexilhão, vôngole, tomate e alho. Os frutos do mar são boas alternativas de proteínas com baixas calorias. Ao prepará-los não os frite em imersão, apenas coloque-os por pouco tempo na frigideira com um pouco de óleo ou azeite. Evite consumir muito camarão, pois o alimento é rico em colesterol.

Um ponto interessante dos frutos do mar é que eles possuem zinco, nutriente que auxilia na digestão e na produção de hormônios, principalmente os sexuais. A preparação ainda conta com os benefícios do alho e do tomate.

Molho branco light

A preparação original do molho branco é muito calórica e gordurosa, pois leva manteiga, leite integral, farinha e em alguns casos creme de leite. Porém, é possível fazer uma versão light que irá proporcionar ótimos benefícios. “Utilize leite desnatado e iogurte ou ricota na hora de cozinhar. Este molho é menos calórico e proporciona uma ótima refeição, com cálcio, que é responsável pela formação e manutenção dos ossos, proteínas e o carboidrato da massa”, explica Beassi.

Utilize o amido de milho para o espessamento do molho ao invés da farinha. Adicionar um vegetal no prato é uma opção para torná-lo ainda mais saudável. A versão light do molho branco é mais saudável, porém saiba que o gosto ficará distinto da receita tradicional.

Molho funghi

A versão original é feita com cogumelos secos e uma mistura que leva leite integral, manteiga e farinha, o molho branco. É devido a ele que o prato é muito calórico e gorduroso. Porém, é possível fazer uma versão mais leve utilizando leite desnatado, amido de milho para engrossar e iogurte ou ricota. Como o sabor mais característico deste prato é o cogumelo, as mudanças na receita não serão tão perceptíveis.

O cogumelo é um ótimo alimento para adicionar no seu prato. Isto porque ele é rico em betaglucanas, substância que ajuda a potencializar o nosso sistema imunológico. “Além disso, ela auxilia no funcionamento intestinal”, observa Boniatti.

Molho puttanesca

Esta receita é feita com azeite extravirgem, alho, peperoncino (pimenta picante seca), anchovas esmagadas, tomates, alcaparras e azeitonas. “Este molho é excelente, mas sugiro trocar a anchova pela sardinha, que possui ainda mais ômega 3”, diz Roberto. Este ácido graxo proporciona uma série de benefícios, ajuda a regular o colesterol, o triglicérides, a pressão arterial e melhora as funções cerebrais.

Já a azeitona, assim como o azeite, é rica em gorduras monoinsaturadas que tem como principal benefício proteger o sistema cardiovascular. A pimenta ainda é um alimento termogênico, capaz de aumentar o gasto calórico do organismo durante a digestão e o processo metabólico. “É interessante apenas ficar atento para a quantidade de sódio desta preparação. Diminua alguns ingredientes e lave aqueles que estavam em conserva antes de utilizá-los”, orienta Boniatti.

Molho alla norma ou alla siciliana

Este molho é elaborado com tomate, berinjela, alho, manjericão e ricota. A preparação é muito saudável, pois além de conter os benefícios já mencionados do tomate, alho e manjericão, ela ainda conta com a poderosa berinjela fonte de vitaminas do complexo B, K e C. “O fruto ajuda a reduzir o colesterol, evitando a sua absorção e a agregação da gordura nas artérias”, conta Boniatti.

Nunca consuma a berinjela crua, pois dessa maneira ela possui uma substância tóxica para o nosso corpo. A ricota presente no molho é interessante, pois é uma fonte pouco calórica de cálcio e proteína


Feliz Natal!

Nessa véspera de Natal eu só posso aproveitar o momento para agradecer a cada visita recebida no Equilibre-se durante este ano. E, claro, não poderia deixar de desejar muita paz, saúde, união e harmonia a todos, para que possam celebrar junto àqueles que amam (tendo laços de sangue ou não), longe de energias e pensamentos negativos.

Desejo também que a gente dê um tempo, uns minutinhos, e pare para refletir nos momentos prazerosos e felizes pelos quais passamos durante o ano. E, assim, se sentir livre para agradecer e sorrir, sem nenhum peso nas costas, pelo menos nesse curtinho espaço de tempo.

Minha missão aqui no blog sempre foi tentar contribuir com dicas , informações e receitas que pudessem estimular todos vocês a uma vida mais leve, prática e saudável; aproveitando e vivenciando tudo o que lhe faz bem, com equilíbrio.

Por isso, ainda que o seu ano não tenha sido fácil (estamos todos no mesmo barco #tamojunto), ainda que os sonhos não tenham se concretizado, que nada tenha saído do jeito que você planejou, e que tudo pareça estar na mesma e o seu Natal não esteja lá muito animado ou esperançoso. busque pensar positivamente, não se estressar, nem se aborrecer. Tenha fé em dias melhores e seja grato.

Mesmo quando pensamos que não temos nada ou não chegamos a lugar nenhum, só o fato de ter saúde, de não ter ficado muito tempo doente durante o ano, já é motivo de celebração. Pense nisso.

No mais, desejo que possamos sempre manter nosso coração aberto para recuperar tudo de bom que o universo tem para nos oferecer. Já já teremos mais um ano, novinho, de páginas a serem preenchidas e oportunidades constantes para realizar aquilo que ficou pendente e fazer tudo dar certo, sem perder a fé no amanhã, nem na nossa capacidade de fazer acontecer.

Festeje, não economize sorrisos, abraços sinceros, dance, cante, ame e seja muito feliz!

FELIZ NATAL!


Música: Beleza em som para acalmar a alma

Domingo é um dia de relaxamento. Aquele dia em que nós podemos, e devemos, descansar, relaxar e recarregar as energias para semana que vai começar. Por isso, é um momento para aproveitar pequenos prazeres: curtir a família, fazer boas refeições, passar um tempo sozinho, ouvir uma boa música…

Se você não sabe por onde começar, fizemos uma seleção de clipes com músicas bem gostosas e com mensagens bonitas de amor, perseverança, esperança… só lindeza e carinho aos ouvidos. Aproveite!

Somewhere Only We Know – Lily Allen

Versão com legenda AQUI

Lost Stars – Adam Levine 


Versão com legenda AQUI

Real Love – Tom Odell


Versão com legenda AQUI

When We Were Young – Adele


Versão com legenda AQUI

Circus – Mélanie Laurent

Se você já assistiu o filme Bastardos Inglórios, vai lembrar dessa mocinha linda. Além de atriz, Mélanie Laurent também é cantora! E das boas! Pretendo resenhar o álbum dela em breve. Quem se interessou em ouvir, tem completo no Spotify.


Tradução AQUI

Versos simples – Natiruts
Your Song – Elton John 
Amor de índio – Maria Gadu

Bom domingo!