0001873841II-849x565

Estresse. Você consegue lidar e conviver com ele até o ponto em que leva a querer criar um exército de zumbis e tentar dominar o mundo. E isso acontece quando é quando ele fica um pouco além.

Para muitos de nós, o estresse é causado pela falta de equilíbrio entre vida social e a profissional. E lidar com ele não é nada óbvio. O que precisamos é um pouco menos de autoflagelação e um pouco mais de autoatendimento.

Podemos sugerir que, falando em produtividade, você é uma pessoa atarefada, cheia de compromissos e/ ou projetos profissionais. Ou você é pai/ mãe. Numa parte de ser atarefado vive o medo persistente de que você não está recebendo o bastante pelo o que faz, mesmo quando você está. E em parte de ser pai ou mãe está a crença sincera de que você já fez o suficiente, mesmo quando você não fez.

0008744647I-849x565

Os atarefados realmente acreditam que se apenas fizerem “um pouco mais”, então tudo vai ficar bem. Claro, fez-se um pouco mais ontem e está tudo bem hoje? Não. Tudo o que você faz é elevar a barreira.

Como lidar com o estresse? Defina metas específicas

Buda diria que, usando esta técnica o suficiente, você estará presente e amará a sua vida no agora.

Primeiramente, se você quiser saber como lidar com o estresse, olhe para seus objetivos. Quais são eles? Há quanto tempo você mantém os mesmos objetivos sem alcançá-los? Existe alguma razão para acreditar que você vai fazer desta vez?

0001972228SS-849x565

Se você já mantém os mesmos objetivos por um longo tempo, talvez eles sejam muito grandes. Sim, você deve ter uma GMCA ou ” Grandes Metas Cabeludas Audaciosas.” Mas, se você torná-las muito grandes, muito cabeludas e audaciosas, então elas apenas vão ganhar vida própria e alimentar-se da sua energia e satisfação pessoal.

A razão pela qual seus objetivos são muito grandes pode ser porque você declarou-os como comparativos e não como absolutos. Alguém certa vez perguntou a John D. Rockefeller, “Quanto dinheiro é suficiente?” Sua resposta: “Só um pouco mais.” Isso não é patético? Pare e pense sobre. Ele era o homem mais rico do mundo, poderia fazer qualquer coisa que quisesse, e, basicamente, ainda estava buscando dinheiro.

Em vez de puxar um Rockefeller, definir uma meta específica. “Bastante dinheiro são $ 100 milhões no banco, fora os impostos.” Ainda é uma bela resposta superficial, mas é uma meta superficial específica.

0007843179K-849x565

Dessa forma, você pode medir o progresso e se sentir bem quando a distância entre você e o objetivo estiver diminuindo. Quando você fica ansioso por não conseguir sucesso rápido o suficiente e não sabe como reduzir a ansiedade, apenas defina o alvo do seu objetivo e voilà – num piscar de olhos, estará muito mais perto de atingir.

O Buda recorda que usar esta técnica repetidamente poderá resultar em você reduzir sua meta para o que tem no momento e simplesmente estar presente. Você adoraria a vida que tem, as pessoas que tem, as coisas que tem e seria feliz aqui e agora.

Momento de Autocuidado

Às vezes o problema não está em você ter muito trabalho, mas em você não estar fazendo o suficiente pelo seu bem-estar. O equilíbrio trabalho-vida significa que você tem que gastar algum tempo fazendo, também, coisas da vida: dar um tempo, passear, ficar com os amigos, divertir-se com jogos e cuidar de si mesmo.

0008887522W-849x565

Quando se trata de trabalho, a maioria de nós mantém os compromissos que já estão programados. Mas, quando se trata de vida, nós nem mesmo fazemos nomeações, já com medo de não cumprir e deixar de lado.

Então, comece agora. No início do ano, ou mesmo do mês, agende alguns feriados para passar algum tempo fora. Periodicamente, programe um tempo com os amigos. E, a cada semana, separe algum tempo para fazer algo de bom para si mesmo, o que é autocuidado puro.

Recrute sua criança interior e encontre o equilíbrio entre vida e trabalho

Se para você é difícil seguir com o seu autocuidado, não o faça exatamente por si mesmo. Siga os conselhos do Tim. Ele diz:

“Eu sou ruim em ser bom para mim, mas grande em ser agradável para outras pessoas. Então, nos meus dias de folga, imagino que estou com uma criança pequena (que sou eu mesmo, o pequeno Timmy, minha criança interior) e pergunto o que ela gostaria de fazer. Eu sou mais bonito e mais carinhoso para o pequeno Timmy, porque me preocupo com ele. Enquanto eu poderia poupar em cuidar de mim mesmo, nunca poderia fazer isso com uma criança que eu amo.”

0002848933UU-849x565

Quando o estresse sobe à sua cabeça, e o equilíbrio entre trabalho e vida está em jogo, você precisa saber como reduzir a ansiedade. Ela pode estar vindo de seus objetivos. Se seus objetivos estão sempre recuando e nunca podem ser satisfeitos, altere-os para serem mais específicos (e realistas).

Agende primeiro o autocuidado e depois programe o seu trabalho em torno dele. E se autocuidado não é a sua praia, finja que você está cuidando de si mesmo como uma criança. Se você é mais jovem, compre uma bateria ou algo que lhe faça relaxar. Se é mais velho e até agora não faz a coisa certa, comece a praticar.

Fonte Quick and Dirty Tips
Tradução livre de autoria do blog

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: