Todo mundo sabe que o tempo hoje em dia tornou-se algo precioso. Quem não gostaria de ter mais algumas horinhas para fazer aquela coisa que sempre fica em segundo plano e dá tanto prazer? Parece que por mais que você se esforce, acorde mais cedo, corra para fazer o que é preciso, nunca dá tempo de concluir tudo. Não é?

Por isso, a melhor maneira de dar uma amenizada nessa sensação e evitar o estresse que essas situações podem causar é otimizar o tempo. E não se trata de fazer mil tarefas simultaneamente, não. Na cozinha, por exemplo, o micro-ondas, que geralmente só é usado para aquecer os alimentos, pode se tornar o seu melhor amigo e reduzir drasticamente o tempo gasto no cozimento de legumes.

microonda_2999882

O uso do micro-ondas ainda é um tabu e muita gente tem medo de que ele possa ser prejudicial à saúde. No entanto, pesquisas recentes afirmam que o cozimento no aparelho além de não fazer mal, ainda potencializa as vitaminas e nutrientes presentes nos alimentos.

Sou suspeita para opinar. Despois que descobri essa possiblidade, não cozinhei mais nenhum legume no fogão. É muito mais prático, mais rápido e não exige que você fique cronometrando, tomando conta. Acho muito bom também para fazer nhoque, tanto com batata quanto com inhame, porque não corre o risco de passar do ponto, – como não tem água, a textura tende a ser mais firme, o que é importante para a modelagem da massa.

Cozinhar no micro-ondas é muito simples. Basta ter aqueles saquinhos de congelar ou mesmo reutilizar os saquinhos de hortifrúti do supermercado. Dá para cozinhar diversos tipos de legumes. Faz assim: descasca (se o legume for de descascar), corta da forma que preferir,coloca no saquinho com um nó frouxo (esse nó mais pra perto da boca do saco do que do conteúdo) e faça furinhos com o garfo ou com palitinho de dente.

10583867_1665184927040258_1659548196912604404_n

Para o tempo, tomo como base a batata comum. Quatro unidades médias, descascadas e cortadas em quatro partes, precisam de 4 minutos para o cozimento. A partir daí, recalculo o tempo de acordo com a quantidade. Não é preciso se desesperar, nem colocar empecilhos. Você também pode fazer testes e ir acrescentando o tempo minuto a minuto até achar o ponto ideal de cozimento no seu aparelho, já que isso pode ser alterado para cada marca, tamanho e modelo.

Uso esse mesmo padrão para a cenoura (4 minutos cozinham 4 unidades grandes), beterraba e mandioquinha (mesmo tempo e quantidade), inhame, mandioca e batata doce (esses três deixo de 5 a 8 minutos, corto apenas pela metade, não retiro a casca e faço vários furos ou cortes, só espetando com o garfo ou uma faca de ponta).

mixed-20173_640

Como meu consumo de legumes e verduras é diário, para facilitar ainda mais a vida, cozinho uma porção maior de uma vez e condiciono na geladeira em potes com tampa. Dura bem por até 4 dias. Não uso sal, nem nada, no processo e acerto o tempero depois, quando for consumir.

O importante é saber que os alimentam precisam “respirar” no micro-ondas. Então, mesmo sendo colocados inteiros, você deve perfurá-los, da mesma forma que faz com o saquinho de cozimento. Tenha cuidado com o vapor e até com a alta temperatura do alimento ao retirá-lo.

Anúncios

Um comentário sobre “Micro-ondas: o melhor amigo no cozimento de legumes

  1. Elizabete disse:

    Eu aprendi e achei o máximo…. da certo e é rápido.

    Curtir

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: