Receita: Brownie fácil e saudável (para matar a vontade de doce)

Bateu aquela vontade forte de comer um docinho, mas você quer se manter mais saudável possível e evitar grandes deslizes?! Então, se a sua vontade girar em torno de chocolate, esse brownie é para você!

A receita, sem leite, glúten e açúcar refinado, é da nutricionista Catharine Parise, de São Paulo, e foi compartilhada na revista Boa Forma.

Foto de Pixabay

Ingredientes:

  • 3 bananas nanicas maduras
  • ½ xícara de chá de cacau em pó
  • 1 xícara de pasta de amendoim integral
  • 2 colheres de sopa de xilitol (ou um adoçante de sua preferência)
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de café de baunilha (opcional)

Modo de Preparo:

  1. Amasse bem as banana com um garfo até obter consistência pastosa.
  2. Acrescente a pasta de amendoim e misture.
  3. Adicione os outros ingredientes (cacau, xilitol {ou adoçante}, sal e baunilha) e mexa novamente até obter uma mistura homogênea.
  4. Coloque em uma forma de silicone (ou em forma untada) e asse em forno médio por 20 minutos.
Anúncios

Fevereiro!


Receita: salada refrescante para o verão

Quem tem dificuldade para se alimentar nos dias de verão mais intensos não vai mais passar aperto! Uma salada refrescante é uma boa escolha para turbinar a refeição e deixar o almoço mais gostoso em dias quentes. Aposte na versão que leva abacate para garantir mais saciedade, pois a gordura boa contida na fruta ajuda a adiar a fome, além de fazer bem para o coração e para a pele. Confira abaixo a receita completa:

Para a salada

  • 2 filés (200g) de frango
  • Sal a gosto
  • Raspas de 1 limão
  • 1 colher (sobremesa) de gengibre ralado
  • 1 colher (sopa) de alecrim fresco
  • 1 colher (chá) de azeite (ou óleo de coco) para grelhar
  • 1 prato (sobremesa) de folhas variadas (rúcula e alfaces lisa, crespa e americana)
  • 1/2 abacate firme cortado em tiras
  • 8 tomates cereja cortados ao meio


Para o tempero:

  • 1 colher (sobremesa) de azeite extravirgem
  • Vinagre balsâmico (ou limão)
  • Sal a gosto
  • 1 colher (chá) de chia

Modo de preparo

Divida o frango ao meio no sentido longitudinal para que os filés fiquem mais baixos e corte em tiras. Acrescente o sal, as raspas de limão, o gengibre e o alecrim e deixe descansar por 15 minutos. Grelhe em uma frigideira untada com o azeite (ou óleo de coco) e reserve. Em um prato, coloque o frango, as folhas, o abacate e os tomates. Tempere com o azeite, vinagre e sal. Em seguida, polvilhe com chia.

Receita compartilhada por Boa Forma.


Dieta cetogênica: entenda o que é e como atua no corpo

Você já ouviu falar da dieta cetogênica certo?! Muitos famosos, inclusive internacionais, têm usado a dieta pobre em carboidratos e gorduras em busca de melhor desempenho e perda de peso. Mas você sabe do que se trata ou em que consiste?!

O objetivo da dieta cetogênica é fazer com que o corpo produza cetonas – uma fonte de energia fundamentalmente diferente da dos carboidratos e gorduras que as nossas células normalmente usam como energia. Pode-se levar vários dias até que o corpo comece a produzir cetonas e o tempo necessário para entrar na cetose (estado onde a queima de gordura está em níveis altíssimos) varia entre os indivíduos.

Cetogênico é o termo que indica a produção de cetonas pelo corpo, a partir da gordura. Quando os níveis de cetona no sangue excedem 0,5 mm o corpo alcança a cetose. O estado de cetose pode ser alcançado através de dieta, jejum (onde o corpo produz cetonas próprias) ou consumindo produtos que elevam os níveis de cetona no sangue.

Limitar a ingestão de carboidratos e de proteínas estimula o corpo a queimar gordura – e, assim, a produzir cetonas. Por ser baixa em carboidratos, muitas vezes, a dieta cetogênica se confunde com outras dietas low-carb. As diferenças sutis nos macronutrientes fornecidos na dieta determinam se ela é ou não cetogênica.

Um macronutriente é a substância que fornece a maior parte da energia para o corpo. Os principais macronutrientes são carboidratos, gorduras e proteínas. Para uma dieta ser cetogênica, ela deve ser rica em gordura, moderada em proteínas e muito pobre em carboidratos.

Aqui estão algumas definições úteis de dietas com um elemento de consumo reduzido de carboidratos:

Dieta Cetogênica

  • O objetivo é desencadear a produção de cetonas no corpo;
  • Alta gordura, proteína baixa / moderada e baixo teor de carboidratos.

Dieta Cetogênica de Baixa Caloria

  • O objetivo é restringir severamente as calorias a um nível abaixo das necessidades metabólicas básicas (isto é, menos que 800 kCal);
  • Mesmo que essa dieta seja relativamente rica em carboidratos, o déficit calórico criado ainda pode levar a um estado de cetose;
  • Não sustentável a longo prazo.

Dieta com baixo teor de carboidratos

  • Definido na literatura médica como uma dieta com 30% de energia a partir de carboidratos ;
  • Não pode levar à cetose, pois a ingestão de carboidratos e proteínas pode ser muito alta.

Dieta de Atkins

  • Esta dieta tem várias fases;
  • Inicialmente, o objetivo é restringir a ingestão de carboidratos para menos de 20g por dia. Este grau de restrição é susceptível de conduzir a cetose, embora este não seja um objectivo explícito;
  • Posteriormente, a dieta reintroduz os carboidratos a um nível em que “o corpo pode tolerar”;
  • Menor restrição de proteína comparado a uma verdadeira dieta cetogênica – alta gordura, proteína moderada, baixo teor de carboidrato.

Dieta Paleo

  • O objetivo é limitar a dieta a alimentos que estariam disponíveis para o homem paleolítico;
  • Ampla variabilidade nas interpretações;
  • Os alimentos permitidos incluem legumes, frutas, nozes, raízes e carne;
  • Os alimentos excluídos incluem laticínios, grãos, açúcar, legumes, óleos processados, álcool e café;
  • Nenhum alvo de macronutrientes estruturado; no entanto, seguir uma dieta paleo resulta em maior consumo de proteína e gordura do que uma dieta comum.

Seguir uma dieta cetogênica pode não ser sugerida para pessoas com as seguintes considerações médicas:

  • Gravidez;
  • Falência renal;
  • Função hepática prejudicada;
  • Digestão de gordura prejudicada (doença da vesícula biliar, bypass gástrico, pancreatite).

Em todo o caso, procure orientação médica e mantenha o acompanhamento deste profissional. A dieta deve sempre ser encarada como uma ferramenta de auxílio à saúde e bem estar. Lembre-se disso!

Este artigo foi originalmente publicado na HVMN.


Perfil oferece semana gratuita de meditação

Se entre os seus planos para 2019 estão objetivos como autoconhecimento, estar mais presente, ser mais calmo e relaxado, meditar ou mesmo experimentar novas ações, há uma oportunidade gratuita batendo na porta! A partir do dia 07 de janeiro, o Meditar.com.vc vai “dedicar uma semana inteira a diferentes sensações, através dos 7 dias de meditação”.

A cada dia o programa pretende mergulhar em um sentimento adormecido na vida do participante a fim de redespertá-lo no presente. Até o dia 13 de janeiro estarão disponíveis vídeos, áudios e inspirações que podem mudar a forma como você encara a sua vida.

A participação na jornada dos 7 dias de meditação é gratuita e totalmente online. Para fazer parte dessa experiência baste inscrever-se AQUI.


Para valorizar cada dia da sua vida: pote da gratidão

Pensando em mais um ano que se inicia e na possibilidade de ter novas experiências ou adquirir novos hábitos – afinal um ano novo, assim como cada novo dia, é uma oportunidade de agir e ser melhor do que antes – separamos uma ferramenta utilizada pela coach Fernanda Santos para compartilhar com você: o pote da gratidão. Que tal fazer o seu em 2019!?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
“Para quem ainda não sabe o que significa e acha que é mais uma palavra da moda, gratidão significa agradecimento, é uma emoção que expressa reconhecimento por algo que se tem ou que recebeu.


⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Robert Emmons, psicólogo americano e expert em gratidão, através de suas pesquisas conduzidas com mais de mil indivíduos ao redor do mundo, concluiu que praticar gratidão pode aumentar o nível de felicidade de uma pessoa em até 25%. Pessoas gratas tendem a ser mais felizes pelo fato de valorizarem mais o que possuem e não ficam alimentando a ansiedade em torno daquilo que não têm. Agradecer pelo que se tem, ou pelo que aconteceu com você, é um presente que você se dá todos os dias.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A teoria do pote da gratidão é bem simples: pegue um potinho (ou uma caixa, um cofrinho, um saquinho) e coloque em um lugar onde você possa ver todos os dias, escolha papéis coloridos para escrever seus motivos de gratidão. Eu escolhi colocar numa prateleira do meu quarto, um lugar que vejo sempre.

A minha sugestão é que você coloque no pote o máximo de momentos e coisas pelas quais você foi grato, eu fui um pouco além e coloquei ingressos e coisas que me remetem à momentos bons que aconteceram durante o ano. O importante é não esquecer do ritual de escrever pelo que é grato na sua rotina (crie um hábito – em aproximadamente 21 dias você torna esta atividade em um hábito).

Aproveite e prepare o seu potinho para 2019. Seja grato, faz tão bem!”

 


Feliz Ano Novo!